Presidente eleito da Frepap diz que maior desafio regional é resolver o problema do lixo

A eleição da nova diretoria da Frepap/LN foi realizada na Câmara de São Sebastião

Acácio Gomes

Por aclamação dos mais de 20 vereadores presentes à Câmara de São Sebastião, foi eleito como presidente da Frente Parlamentar do Litoral Norte, para o biênio 2013/2015, o vereador de Ilhabela, Valdir Veríssimo (PPS).

Com ele, formam ainda a chapa que vai comandar as discussões no Litoral Norte os vereadores Marcos Tenório (vice – São Sebastião), Vilma Teixeira (1ª secretária – Caraguá), Luiz Henrique Capelini (2º secretário – Bertioga), Reinaldo Alves Moreira (1º tesoureiro – São Sebastião) e Júlio Alves (2º tesoureiro – Caraguá). Ao contrário do que todos imaginavam, o presidente acredita que o maior desafio da Frente Parlamentar é a questão do lixo e não o Hospital Regional.

“O Hospital Regional é certo, inclusive foi uma conquista da entidade também. Resta definir que cidade vai abrigar. Agora é mais uma decisão política do que técnica e orçamentária. Agora o lixo é um carma para a região. As cidades gastam muito dinheiro para mandar o lixo para fora. Se vai ser aterro regional, Usina Térmica, enfim, temos de bater o martelo”, comentou o presidente.

Valdir salientou que a Frente Parlamentar passa a ter um papel fundamental com a criação da Região Metropolitana do Vale e Litoral.

“Queremos uma cadeira no Conselho de Desenvolvimento da RMVale. Sabemos que o prefeito de Ilhabela já é vice-presidente do Conselho e agora queremos inserir um representante do Legislativo. Agora mais do que nunca temos de discutir as questões regionais. Temos a questão do transporte intermunicipal, ligações telefônicas, aeroporto. Todos precisam entender que a Frepap não é trampolim político. Temos de lutar por objetivos regionais”, salienta.

Expectativas

A presidente da Câmara de Ilhabela, Maria das Graças Ferreira, a Gracinha (PSD), pontuou a preocupação com o lixo. “Precisamos definir logo, se vai ser usina, se cada cidade cuida do seu”.

O vereador de São Sebastião, Reinaldo Alves Moreira, o Reinaldinho (PSDB), salientou que “cada cidade não pode olhar para o próprio umbigo”.

No mesmo tom discursou o vereador de Bertioga, Toninho Rodrigues (DEM). “Precisamos ter a maturidade de resolver as questões. O ego não tem que prevalecer”, frisou.

Claudinei Xavier (DEM), de Ubatuba, destacou que os vereadores precisam pensar em 400 mil habitantes, ou seja, somando a população das quatro cidades. “Com a Frente Parlamentar a recepção é outra nos gabinetes de secretários, deputados”.

Ele fez questão de elencar outros temas que considera importantes para discussão dentro da entidade, entre eles, saneamento básico.

Já o vereador Professor Gleivison Gaspar (PMDB), de São Sebastião, pediu aos presentes inserir a discussão educacional.

“Somos cidades diferentes, mas com problemas parecidos. Pediria que a implantação da Lei do Piso ao professor fosse colocada na pauta de reivindicações”, citou.

O tema segurança foi levantada pela vereadora de Caraguá, Vilma Teixeira (PSDB). “Ganhamos respeito no Governo do Estado e por isso podemos e devemos cobrar. Não quero ver mais Caraguá como cidade violenta nas manchetes de jornais”.

Num tom mais crítico, o vereador sebastianense Ercílio de Souza (PV) cobrou uma maior presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) na região. “Ele precisa ver de perto nossos problemas”.

Já o vereador de Caraguá, Wenceslau de Souza Neto, o Lelau (PT) vislumbrou as eleições de 2014 e a importância de um representante regional.

“Não podemos misturar política. Mas devemos pensar ano que vem nas eleições. Precisamos tomar cuidado com os candidatos que aparecem aqui só em eleição. Dentro da Frepap podemos até trabalhar para eleger um representante regional para deputado estadual ou federal”, salienta.

Hospital Regional

E quem pensava que as bandeiras municipalistas não seriam levantadas na reunião se enganou. Quem tratou de fomentar a discussão do Hospital Regional foram os vereadores de São Sebastião Ernane Primazzi, o Ernaninho (PSC), e Solange Ramos (PV).

“As cidades querem as coisas boas e não as ruins. Lógico que defendo que seja em São Sebastião o Hospital Regional. Mas nós não aceitamos, por exemplo, receber o Cadeião (CDP), o lixo regional, a Unidade de Gás. Vamos ter que discutir muito o assunto”, comentou Solange.

 

Já Ernaninho disse que apenas vai cobrar uma promessa. “Temos um documento assinado pelo governador na visita que a Frente Parlamentar fez quando ele era secretário estadual. Ele se comprometeu, se eleito fosse, construir o Hospital Regional em São Sebastião. Só estamos cobrando a promessa”, finalizou.

A próxima reunião da Frente Parlamentar será no dia 16 de abril na Câmara de Caraguá, a partir das 15h.

Fonte: Imprensa Livre
Data da publicação: 14/03/2013

 

Uma resposta a Presidente eleito da Frepap diz que maior desafio regional é resolver o problema do lixo

  1. Celso Reimann Luz disse:

    Boas. Primeiramente quero agradecer a todos por estarem sempre enviando noticias sobre o Litoral Norte. Agora que temos um novo Presidente na FREPAP/LN e este preocupado com o destino do lixo, mais uma vez venho colocar me a disposição deste Sr. para informar que temos a solução definitiva para com o lixo em toda a região, é uma questão os governantes ficarem discutindo se é aqui, se não é aqui, onde será, o lixo tem solução e nós estamos nos oferecendo gratuitamente para resolver este problema. Caso queira mais detalhes entre em contato (011)3931-5580 ou Cel(011)988.841.307 com Sr. Celso Reimann ou pelo e-mail. mcdmocidade@r7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.